quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

... tão pequeno, tão insignificante


5 comentários:

Anónimo disse...

O pequeno é o inicio do grande. Nasci pequeno...ja não sou assim tão pequeno :-)

O insignificante? O que é isso? Alguma coisa na vida, nesta terra é insignificate?

Sandra disse...

Nada na vida é insignificante.
O texto abaixo é uma declaração de amizade.

Gostaria de lhe colocar em situações difíceis...
Não para ver você sofrer,
Mas sim, para ver você reagir;

Gostaria de lhe colocar no meu lugar...
Não para lhe comparar,
Mas sim, para lhe ajudar;

Gostaria que não fosse tarde...
Não para dizer TE AMO,
Mas sim para expressar-te o meu amor;

Gostaria de lhe pedir...
Não para lembrar-me,
Mas sim, para não esquecer-me;

Gostaria de lhe dizer...
Não o que é errado,
Mas sim, ensinar-lhe o que é certo;

Resumindo...
Gostaria que você não me visse como uma amiga,
Mas sim como uma irmã,

Gostaria que entendesse que
Só tenho a desejar-te sorte e

Enfim dar-te o meu amor
Tão grande embora tão insignificante
Gostaria de lhe colocar em situações difíceis...
Não para ver você sofrer,
Mas sim, para ver você reagir;

Gostaria de lhe colocar no meu lugar...
Não para lhe comparar,
Mas sim, para lhe ajudar;

Gostaria que não fosse tarde...
Não para dizer TE AMO,
Mas sim para expressar-te o meu amor;

Gostaria de lhe pedir...
Não para lembrar-me,
Mas sim, para não esquecer-me;

Gostaria de lhe dizer...
Não o que é errado,
Mas sim, ensinar-lhe o que é certo;

Resumindo...
Gostaria que você não me visse como uma amiga,
Mas sim como uma irmã,

Gostaria que entendesse que
Só tenho a desejar-te sorte e

Enfim dar-te o meu amor
Tão grande embora tão insignificante...

RILMA disse...

PEQUENO SIM, INSIGNIFICANTE NUNCA

São chamadas recém nascidas quando nascem até o seu primeiro mês de vida. Criança um ser sublime,com sorriso contagiante, essas criaturas tão pequenas e tão significantes tem o dom de transformar qualquer ambiente, com suas performaces, quem não se comove com esse seres tão pequeninos e desprotegidos,que nos leva à acreditar o quanto o mundo é colorido, independente de raça, crenças ou classes sociais. ser criança é acreditar em papai noel, em fada madrinha é estar em maravilhoso mar sem fim, de amor, alegria e muitas fantasias, é nos ensinar que a vida ,apesar de dificil tornar-se fácil com um simples sorriso é nos ensinar que criança só quer carinho e afeto.
É muito triste que nem todas crianças possam usufluir de serem criança em sua totalidade, pois já nascem com a grande desigualdade social do mundo, assim essa fase tão importante da vida, passa sem que elas tenham vivido esse conto de fadas.
A única certeza é que na fase de recém nascido passando para a fase de bebê elas não tem dissernimento para destinguir essa desigualdade, então continuam com seus sorrisos inocentes e contagiantes.Nâo ao conformismo dessa realidade, procurando cada um dando um pouco de sí, para que nossa realidade de hoje não seja a do amanhã. Não ao conformismo, esperando sempre que o governo por serem responsáveis por esse problema nos faça desistir de contribuir ,fazendo a nossa parte.
A CRIANÇA DE HOJE SERÁ O HOMEM DE AMANHÃ.
RILMA FRANCA

JR disse...

"As palavras não fazem o homem compreender... é preciso fazer-se homem para entender as palavras."
(Herberto Helder)

pela_vida disse...

um poema sobre nada

Às vezes a imaginação caminha na neblina
Descalça, tacteia o chão
Tropeça nos degraus do esquecimento
Cautelosamente aprecia o anonimato
Divorcia-se de todas as referências
Aspira a uma sublimação minimalista
Perde-se na vastidão do silêncio
Apenas encontra cinzenta abstracção
Excita-se na presença da monotonia
Grita por um tédio mundano
Os olhos bebem a escuridão
Testemunha a nudez das palavras
Sorri para folhas em branco
Festeja o vazio das pampas
Dança na invisível turbulência do ar
Anseia pelo vácuo sideral
Desfruta do supremo prazer do nada


M.Daedalus