sexta-feira, 4 de abril de 2008

... bye bye london

video

Nesta mensagem, ou post, quero apenas partilhar com os leitores e comentadores deste blogue, algumas fotos de ruas, jardins, monumentos, praças, avenidas, e algumas lindas paisagens, lugares de uma cidade que me acolheu a 7 de fevereiro de 2005, e à qual eu estou preste a dizer adeus... Ainda não disse, mas já sinto saudades. Bye bye London

(todas as fotos presentes no slideshow, foram tiradas por mim, ao longo destes 3 anos)

terça-feira, 1 de abril de 2008

... de que tens medo?

Muitos são aqueles que afirmam nada temer... Uns até criticam os medos sentidos por outros... Mas no fundo no fundo, todos sabemos que temos vários medos ou receios, seja medo de uma aranha ou de uma cobra, medo do escuro ou de um lugar fechado, medo de algo correr mal, medo de estar só ou medo da multidão, medo de sentir dor ou até da própria morte. Será que é bom ou mau, ter medo?
Desta vez, decidi não desenvolver muito o tema em causa, como tenho feito com outros, deixando assim este "post" ou mensagem, aberto a todos os que queiram definir o medo, por tuas próprias palavras. Se preferires, podes ainda falar sobre algum dos teus medos, e assim, todos juntos, aprendermos um pouco mais sobre uma coisa que não deixa de ser interessante ultrapassar...

domingo, 30 de março de 2008

... somos apenas visitas, nesta Terra


video


Imagina que és convidado para ir a casa de outra pessoa, um amigo teu... Chegas a casa dele e encontras uma casa limpa, cheirosa, tudo arrumado, uma bela mesa, cheia de comida, e com bom vinho! E ainda uma companhia super agradável. Tudo isso preparado, com muito carinho, especialmente para te receber.

Posso até imaginar:

... não irias esquecer de limpar os sapatos, ou mesmo tirá-los, logo à entrada;

... não irias sujar ou estragar nada;

... irias ficar todo contente quando o teu amigo te convidasse para o banquete;

... iriam fazer um brinde com o maravilhoso vinho ou champanhe;

... iriam conversar bastante, rir muito, partilhar o mesmo espaço, conhecer novas pessoas que também foram convidadas;

... e no fim, acho que ainda irias oferecer a tua ajuda para arrumar as coisas;

... ele iria dizer que não é preciso, mas que gostou muito da tua companhia, e quer que tu voltes.

Esta Terra, onde moramos, não é nossa... apenas fomos convidados a passar um tempo por aqui. Então, não vamos estragar aquilo que não é nosso, nem perturbar a vida daqueles que são os verdadeiros donos Dela. É bem mais simples conservar do que destruir o que já existe... e há tanta coisa que podemos fazer nesta altura, em que todos estamos preocupados com o aquecimeno global!

Podemos, por exemplo:

gastar menos água; poupar energia, usar energias renováveis; usar transportes públicos ou andar de bicicleta, para quem não gostar de andar a pé, ou não tiver a possibilidade de comprar carro movido a energia elétrica; não fumar também e bom para o ambiente, e não apenas para nossa saúde; tentar produzir o mínimo de lixo possível durante o dia, e não colocá-lo no chão; não usar sacos plásticos, que depois não podem ser reciclados; procurar separar os diferentes tipos de lixo, colocando-os nos respectivos recepientes...

Há mesmo muita coisa que, a pouco e pouco, pode tornar esta casa, esta Terra, tão mais limpa e saudável para todos nós...