quarta-feira, 19 de novembro de 2008

... a tradição ainda é o que era?

Poderá parecer estranho a uma mulher que o homem ...

... goste de fazer as compras da casa?

... se preocupe com o preço das coisas que compra para a casa?

... se preocupe com os gastos de água, electricidade, gás e outros?

... saiba cozinhar?

... saiba lavar a loiça?

... saiba escolher os devidos produtos de limpeza para aplicar nos diferentes lugares da casa?

... saiba separar a roupa de cor da roupa branca, e lava-la na máquina à temperatura conveniente?

... saiba passar a ferro?

... saiba mostrar como se faz todas essas, e outras coisas, e que ainda seja exigente com tudo isso que diz respeito à limpeza e organização da casa?

Será que tudo isto pode ajudar ou atrapalhar a convivência entre os dois?

Como será que pode, ou deve, reagir uma Mulher que, pensando saber fazer tudo isso, se depara com alguém que também mostra saber fazer as mesmas coisas, embora de maneira diferente?

Será que daria mais jeito à Mulher, que o Homem não soubesse fazer tanta coisa? Ou que se preocupasse com outras coisas, deixando os assuntos da casa como o elemento feminino?

Mais um tema polémico, sobre o qual eu gostaria de saber a opinião de todos vós.



7 comentários:

Emmy Louise disse...

Oi Ricardo, hoje em dia isso é perfeitamente normal. Ou seja, o homem participar das tarefas domésticas(e até fazê-las ou dividí-las).
Um beijo, meu gato!
Emmy Louise
Brasil

ana julia disse...

Excelente tema, amigão... e a nossa amiga Emmy também tem razão, isso e muito normal. No entando, há muita mulher que gosta de ter o controle da situação doméstica. Assim como a maioria dos homens também preferem não ter que se preocupar com esses assuntos.Se a mulher fizer melhor.
Há ainda aqueles que nada fazem, e ainda querem ser servidos.
Eu moro sozinha exactamente por esse motivo. Já fui casada, e para além do meu trabalho tinha ainda que fazer todo o trabalho doméstico, sem qualquer colaboração da outra parte. Cansei...

eduardo matos disse...

oi cara, e mulherada deste blog.
saibam que é a minha mãe quem faz almoço e janta em casa... eu muito raramente ajudo ela lavando a louça. Ela lava e arruma tudo aqui em casa.
E mais, quando o meu pai vai para o banho, ela escolhe a roupa pra ele vestir e deixa tudo passadinho a ferro em cima da cama...
Quando eu casar quero uma mulher assim. Minha mãe e 10

Geize disse...

Em tempos modernos, e já que a mulher buscou a sua liberdade de expressão e o espaço no mercado de trabalho, nada mais justo que os homens participarem das atividades domésticas. Eu adoraria tem um marido prendado e que dividisse as tarefas comigo, para que assim não houvesse desgaste físico e mental pela sobrecarga de atividades. O machismo tem que cair por terra, a mulher não tem ser rotulada com "Do Lar", porém respeito àquelas que escolhem essa profissão por toda vida. Esse não é o meu caso, adoro minha casa, mas não sou escrava dela. Então mulheres modernas, estabeleçam o cronograma de atividades diárias e sejam felizes na Nova Era Feminina.

Geize Soares

The New Bridget Jones 2009 disse...

O que dizer ?!? Tempos modernos meu caro amigo... a mulher já não faz trabalho de muitos homens? Ke cagas d'agua o homem não fazer o trabalho de muitas mulheres? É poder dizer: Eu sem você me vou bem.

Nossa... quão feminista fui com este comento. rs.

Bejokaz da floresta.

ricardo disse...

Parece-me que os leitores não entenderam o assunto deste post. Assim, sugiro que voltem a ler, do inicio.
Nunca quis dizer que o homem não deve, ou que a mulher pode fazer tudo... Muito pelo contrário.
"Será que tudo isto pode ajudar ou atrapalhar a convivência entre os dois?
Como será que pode, ou deve, reagir uma Mulher que, pensando saber fazer tudo isso, se depara com alguém que também mostra saber fazer as mesmas coisas, embora de maneira diferente?"
Há mulheres que gostam de tratar dos assuntos da casa, não dando sequer oportunidade ao homem de mostrar que também sabe fazer alguma coisa. Depois, para não falar naquelas meninas/mulheres que se dão ao luxo de dizer que não sabem fazer nada, há aquelas que não sabem lidar com a situação de querem fazer e não saber como. Ou ficam envergonhadas de perguntar ao homem como se faz, caso ele saiba fazer... ou então tentam fazer sozinhas, correndo o risco de não estar fazendo da melhor maneira - desse jeito terá também que se sujeitar a ouvir um ou outro conselho ou sugestão de quem sabe.
Neste post não tem nenhuma intenção machista ou feminista.

Adriana Torres disse...

Olá Ricardo,

Fiquei pensando sobre o assunto em questão...Acredito que deva prevalecer o bom senso e a humildade, ou seja, o aceitar a ajuda ou orientação do parceiro sem se sentir invadido, pensando sempre em como melhor fazer as coisas.
Acho louvável que existam homens que dividam as tarefas da casa, pois com a correria do dia-a-dia, as mulheres sempre acabam por ter uma jornada de trabalho a mais, que é a de cuidar da casa.

Beijinhos!