quinta-feira, 13 de março de 2008

... sono não é levado a sério

"Deitar cedo e cedo erguer" é uma máxima cada vez mais válida para uma vida saudável, defende investigador, que pretende consciencializar para a importância de dormir mais horas, contrariando uma tendência dos tempos modernos.
«As pessoas, até há pouco tempo, acreditavam que o sono era uma fase inactiva do nosso dia-a-dia, era como desligar um botão, mas agora sabe-se que é um factor essencial para uma vida saudável», afirmou João Carlos Winck, em declarações à agência Lusa. «O sono é a fábrica da vida». Nele «decorrem várias actividades que nos vão ajudar durante o dia, por isso é tão importante», alertou o especialista da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).
«O sono não tem sido levado a sério», considera. «O problema é que a duração média do sono passou nos últimos anos de umas razoáveis nove horas para apenas sete e há muita gente que não dorme mais do que cinco horas por noite», sublinha. As consequências desta «dívida de sono» traduzem-se, segundo o responsável, num aumento da probabilidade de sofrer doenças cardíacas, estando também a ser estudada a influência que exerce na gravidez e nas alterações hormonais que podem levar à obesidade.
Um dos problemas que actualmente se colocam, segundo João Carlos Winck, é a necessidade de sensibilizar os profissionais de saúde para a importância de um diagnóstico precoce. «Ainda não está nos hábitos perguntar ao doente como é que ele dorme», salientou o investigador.
Uma das principais perturbações é a apneia do sono, que se caracteriza pelo ressonar intenso, associado a paragens respiratórias e a sonolência excessiva durante o dia. Para o especialista, «muitos dos acidentes de viação estão relacionados com sonolência, o que pode ter a ver com situações de apneia não diagnosticadas», só para dar um exemplo...

3 comentários:

Sandra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anita Tatschl disse...

Alimentação leve e saudável principalmente nas horas que antecedem a ida para a cama: legumes, verduras e fibras.

Exercícios físicos regulares: basta um boa caminhada de 30-40 mins 3 vezes por semana.

Bom humor: essencial para levar a vida em todos os outros momentos. O bom humor diminui a pressão arterial e faz com que o seu organismo "sinta" que você gosta dele.

Nada de stress: os problemas ficam durante o dia. Ao se deitar, procure pensar em coisas agradáveis ou no que gostaria que acontecesse de positivo em sua vida.

Se puder: use um MP3 com músicas New Age (de relaxamento ou meditação), sons da natureza (chuva, mar, animais, etc.) ajudam bastante.

Beijos!!!

Del Batista disse...

Excelente essa reportagem... me fez dispertar para meus hábitos errados, ultimamente tenho dormido menos de 5 horas, às x somente 3 por noite. Tenho sentido qisso tem me prejudicado, indisposição... cansaço.. dores lombares...
Vou melhorar, para garantir assim, uma vida mais saudável!
Bjs