terça-feira, 21 de julho de 2009

… pequenos grandes passos

Enquanto que uns temiam a chagada do ano 2000, outros nunca desistiram de avançar, a cada minuto, rumo ao desconhecido. Esse famoso dia 20 de Julho de 1969, e bem exemplo disso...
Quando se fala nessa data, o que é que nos vem à memória? – Lua... O Homem pela primeira vez na Lua... É verdade! O mais famoso pequeno passo de sempre celebrou ontem 40 anos. Naquele dia, o americano Neil Armstrong desceu do módulo lunar Eagle e pisou a Lua, abrindo novos horizontes, não só para toda a comunidade científica, como para toda a humanidade.
Exactamente no mesmo dia, e talvez à mesma hora, em Portugal, uma equipa médica liderada pelo cirurgião Linhares Furtado efectuava um transplante renal com dador vivo. – “Foi realizado em condições inimagináveis hoje em dia; (...) por exemplo, com ausência de climatização na sala de operações.”- disse o cirurgião-geral dos HUC.
Iniciou-se nesse dia, mais uma longa caminhada... Era importante salvar vidas, mas antes disse era necessário haver dadores. E a partir daí, com ou sem campanhas de sensibilização, conseguiu-se que o povo português desse o segundo passo. A sua generosidade não tem limites... os dadores foram surgindo, e as cirurgias acontecendo.
Portugal é o segundo país do mundo com mais doações de órgãos por milhão de habitantes (26,7), ajudando a salvar vidas não só dentro, como além fronteiras.

4 comentários:

marlene disse...

Excelente reflexão e contextualização do significado de determinadas conquistas pela e para a humanidade. E meus parabéns por Portugal ocupar este lugar na solidariedade e capacidade de organização de tão delicada façanha científica.

Fernanda Queiros disse...

Nossa!!!
Mais uma expressão da generosidade portuguesa, que pude sentir em cada gesto teu.
Beijo, querido...

Jack disse...

adorei o texto, parabéns =D

catiane disse...

PARABÊNS.SEMPRE TIVE ESTA IMAGEM DE PORTUGUAL,E VCE ACABOU DE PROVAR QUE ELA É ACOLHEDORA ..SAUDADES AMIGO BJOS,,,