domingo, 1 de junho de 2008

... dia de todas as crianças, e de todos aqueles que ainda sentem uma criança dentro de si

Após a 2ª Grande Guerra Mundial, as crianças de todo o Mundo enfrentavam grandes dificuldades, a alimentação era deficiente, os cuidados médicos eram escassos. Os pais não tinham dinheiro, viviam com muitas dificuldades, retiravam os filhos da Escola e punham-nos a trabalhar de sol a sol. Mais de metade das crianças Europeias não sabia ler nem escrever.

Em 1950, a Federação Democrática Internacional das Mulheres, propôs às Nações Unidas que se comemorasse um dia dedicado a todas as crianças do Mundo.

Os 10 mandamentos da criança aos pais:

1. As minhas mãos são pequenas: por favor não esperem a perfeição ao fazer a cama, desenhar, atirar e agarrar uma bola.
As minhas pernas são pequenas: por favor abrandem para eu vos poder acompanhar.

2. Preciso de encorajamento para crescer. Por favor sejam brandos nas vossas críticas. Lembrem-se: podem criticar o que faço sem me criticarem a mim.

3. Os meus olhos não vêem o mundo do mesmo modo que os vossos. Por favor deixem-me explorá-lo em segurança. Não me impeçam de o fazer sem necessidade.

4. Os meus sentimentos ainda estão tenros. Não impliquem comigo o tempo todo. Tratem-me como desejariam ser tratados.

5. As tarefas domésticas estão sempre a precisar de ser feitas. Só sou pequeno por pouco tempo. Por favor percam tempo a explicar-me as coisas deste fantástico mundo em que vivemos e façam-no de boa vontade.

6. Por favor não vão "fazer por cima" tudo o que eu faço. Isso dá-me a ideia de que os meus esforços nunca alcançam as vossas expectativas.
Sei que é difícil, mas não me comparem a outras crianças.

7. A minha existência é uma dádiva. Cuidem de mim como é esperado, responsabilizando-me pelas minhas acções, dando-me linhas de orientação e disciplinem-me de um modo afectuoso.

8. Por favor não tenham medo de ir passar fora um fim-de-semana. Os filhos precisam de férias dos pais como os pais precisam de férias dos filhos. É uma bela maneira de mostrarem como a vossa relação é especial.

9. Por favor dêem-me a liberdade para tomar decisões que me dizem respeito. Deixem-me falhar, para que eu possa aprender com os meus erros. Assim, um dia estarei preparado para tomar as decisões que a vida me exigirá.

10. Por favor dêem-me todas as oportunidades para eu aprender e bons exemplos para eu seguir. Assim poderei tornar-me numa pessoa verdadeira, recta e humana.


3 comentários:

Anónimo disse...

Olá Ricardo! Pois é, passei por aqui só por acasso, porque me enganei na página da web(estou a brincar). Mas já que aqui parei, aproveitei para ler a tua reflexão sobre o dia de todas as crianças e de todos aqueles que ainda sentem uma criança dentro de si. Gostei muito do que escreveste, não só neste dia como nos restantes. Acho que tens uma ideia da vida, diferente de muitas pessoas! Continua assim.
E obrigada por te teres lembrado do meu dia. =)
Desculpa estar sempre na brincadeira contigo, mas quando é para falar a sério também cá estou. Bjs
p.s:
Já deves saber quem sou!Mas como sou tua amiga eu digo-te. Sou a Cláudia! Mas agora a falar muito a sério, vou dizer o que penso acerca de ti. Acho que és uma pessoa que sabe ocupar um lugar perante a situação em que te encontras,isto é, sabes ser amigo, sabes brincar, sabes ter uma conversa séria quando necessário!

Rita Mendes disse...

Boa-Noite Ricardo! Gostei muito do que colocaste hoje sobre o dia da criança. Claro que para uma pessoa atenta como tu este dia nunca poderia ser esquecido, é óbvio. Tenho tantas recordações deste dia...muito boas por sinal!No entanto, infelizmente, hoje não estive com o ser que mais amo neste mundo, o ser pequenino e lindo que se chama Francisco (o meu sobrinho). Não lhe fui dar um beijo ao acordar, não o levei a passear como fiz no ano passado...mas enfim, ele estará sempre no meu coração. Felizmente tem uns pais que o amam e o deixam viver o momento, pois só se tem 2 anos, 3 anos uma vez na vida! É a brincar e a jogar que nos preparamos para o jogo sério da vida. Foi bem empregue o tempo que dedicaste a escrever esta secção de hoje, porque sem dúvida...as crianças são o melhor do mundo. Não há nada melhor do que um sorriso delas...um olhar...são puras...Eu só quero, um dia, que o meu sobrinho reconheça que sempre estive ao lado dele e que fui parte integrante na sua educação. Se não conseguir concretizar todos os meus sonhos, já me darei por contente de saber que contribui para a construção da personalidade dele...

...segue o teu caminho...sê feliz...se um dia educares uma criança...acredito que essa criança se tornará um ser fantástico, cheia de sonhos, mas sobretudo de amor e carinho!

Beijos-------Rita Mendes-----------

Ana_Ba disse...

Oi amigos, aproveitando o tema, hoje é o dia internacional das crianças vitimas de agressões. Quatro de junho não é uma data pra se comemorar não, de forma alguma, mas sim para refletirmos sobre algo terrivel; a violência contra as crianças. Infelizmente em todo mundo isso acontece e, aqui no Brasil também. Mas é preciso ficarmos atentos para o significado dessa agressão, pois ela não só se referi as agressões fisicas, naturalmente a mais dolorosa, mas será ela a mais absurda?
Existem vários níveis de agressões; psicológicas, a social, a econômica....e muitas outras mas, aqui no Brasil podemos citar (de muitas) o trabalho escravo....crianças que deixam de estudar, brincar, ter uma vida normal, uma infância tranquila, são forçados muitas vezes pelos próprios pais a trabalharem desde pequenos para ajudar no sustendo da familia.
Que o nosso cotidiano não nos fazemos mudos e surdos diante de tanto sofrimento humano.
Beijos....