sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

... que coisa feia

Pode não ser a mais bela maneira de começar um blogue. No entando, esse assunto da beleza, por vezes, perturba-me. Eis a pergunta, para a qual todos temos resposta, mas poucos refletimos sobre a mesma – É bonito(a) ou é feio(a)?
Antes de mais, quero fazer-vos ainda outras perguntas, de uma outra forma...
Qual é a mãe, ou pai, que diz ter filhos feios?
Que menina, alguma vez, disse ter um namorado feio?
E qual o homem que chama sua mãe de feia?
Algum de nós já disse ter amigos feios?
Sei que a maioria de vós acabou por responder “não”. Mas também podem dizer que as perguntas foram feitas em relação a pessoas que nos são próximas, ou muito queridas...
Então, e os outros? Já merecem esse selo de “feio”?... Quando alguém folheia uma revista, e só olha para as imagens, os comentários mais frequentes são – “olha que bonito!”, ou “ai que feio!”
Mas o que é isso de feio, ou bonito – essa dicotomia que nos absorve no dia-a-dia, que faz a maioria seguir modas, e censurar aqueles que teimam eu ser diferentes?
Já na Grécia Antiga, se debatia esse mesmo assunto da beleza. E é interessante, como essa materia de estudo, no campo da Estética, foi chamada de, o belo, e não o feio. Mas nós, nos dias que correm, temos a tendência de usar a palavra “feio(a)” com muito mais frequência, o que nos faz criticar e julgar a beleza das pessoas, ou das coisas, como nunca!
Será que nossa missão, e nossa felicidade tem que passar por isso? Ou estamos a entrar no ridículo de viver em função dos moldes e imagens impostos pela sociedade?

Quem ama o feio, bonito lhe parece...
A beleza das coisas esta nos olhos de quem a vê...

10 comentários:

Sandra disse...

Ehhhhhhhh, finalmente nasceu a criança. Esse parto foi dificil.
Depois posto um texto pertinente ao assunto.

Fernanda disse...

E que venha a beleza nos seus textos "do contra"...
E que venha a dicotomia e a reflexão...

Anónimo disse...

A belelza está nos olhos e no coração de quem os vê!
As pessoas pura de coração, vê beleza em tudo, até que provem o contrário.

Maristela disse...

Adorei o tema...

Acredito que o julgamento do feio ou bonito vem do nosso próprio autojulgamento, ou seja, da imagem que pensamos ter ou de como gostaríamos de ser. Assim quando alguém julga o outro como feio ou bonito muitas vezes é como forma de autoafirmação, afinal o ser humano precisa da aprovação, seja dos pais quando criança, seja dos amigos, ou da sociedade. Por isso que a moda "pega", ninguém quer ser o diferente, ou o feio. Conforme o comentário anterior, as pessoas puras de coração vêem beleza em tudo, talvez porque essas pessoas puras de coração já pararam para olhar para dentro de si e se aceitaram com suas qualidades e com seus defeitos, aprenderam a se amar. No momento em que a pessoa se aceita e se ama, ela consegue também amar, aceitar e ver a beleza nos outros, nas coisas, no mundo. São pessoas que descobriram o amor incondicional e sabem que a nossa existência nesse mundo vai muito além da imagem e claro ninguém consegue dar aquilo que não tem. Ricardo, adorei o seu blog, beijão!

Sandra disse...

O conceito de feio. "É considerado feio o rosto dos excluídos, o trabalhador rural, as mãos embrutecidas do operário. É preciso uma estética de libertação a partir dos oprimidos, que são a maioria da população que não se encaixa nos padrões de beleza.
"Voltaire já nos dizia, em seu dicionário filosófico, propondo que perguntássemos a um sapo o que é a beleza, o ideal do belo. O sapo responderia que ele é representado pela fêmea de sua espécie, com os belos olhos redondos e esbugalhados, a cabeça pequena, a boca larga, o ventre amarelo, as costas escuras".
Então pergunto o que é feio? o que é belo???
Alias há 02 bons livros sobre o assunto: Umberto Eco em História da Feiúra, livro que dá seqüência à sua História da Beleza.
Bjkas a todos.

Ana_Ba disse...

A beleza exterior alegra os olhos, porém a beleza interior faz com que o coração bata mais rapido.
"Uma árvore em flor fica despida no outono. A beleza transforma-se em feiúra, a juventude em velhice e o erro em virtude. Nada fica sempre igual e nada existe realmente. Portanto, as aparências e o vazio existem simultaneamente"
Dalai Lama

Bjs.

Anónimo disse...

Ha pessoas que querem ser bonitas para chamar atencao, outras desejam a inteligencia para serem admiradas...
Mas ha algumas que procuram cultivar a alma e os sentimentos,essas alcancam o carinho de todos, porque alem de belas e inteligentes tornam-se realmete pessoas.

Dilma Soares disse...

A Beleza

Devemos aprender a apreciar a beleza.

Podemos encontrá-la numa simples pedra, num majestoso pinheiro, numa tempestade, na rebentação das ondas do mar, num pôr-do-sol colorido, numa palavra suave, na torre de um arranha-céu, num acorde musical ou no salto de um leopardo.

E o mais importante - conseguimos encontrá-la no que outros seres humanos pensam e fazem, nas suas e nas nossas emoções.

Aprendemos também a rir e a nos divertir.

Bjs no seu coração Ricardo.

RILMA disse...

SOBRE O FEIO E O BELO

INFELIZMENTE EM NOSSA SOCIEDADE O QUE PREVALECE É O QUE VISUALIZAMOS E QUANDO OLHAMOS QUASE SEMPRE É O EXTERIOR, NÃO É REGRA TERMOS A MESMA OPINIÃO SOBRE O QUE É BELO, MAIS SEM SER DEMAGOGA, NÃO POSSO DIZER QUE O BELO NÃO ME ATRAI.
AH, PUDESSE EU EU VER ATRAVEZ DE CADA ROSTO O QUE CADA UM TEM EM SEU INTERIOR, COM CERTEZA QUE ME PARECIA BELO DEIXARIA DE SER E VICE VERSA, MAIS SE TIVERMOS PACIÊNCIA DE CONHECERMOS AS PESSOAS EM SUA ÍNTEGRA, O QUE NÃO PARECIA TAÕ BONITO PODE SE TORNAR LINDO. OU NÃO!
NA VERDADE SABER QUEM É BONITO REQUER PACIÊNCIA E PORQUE NÃO DIZER EXPERIÊNCIA, NÃO RESTA DÚVIDA QUE O BELO PODE SE TORNAR FEIO E O FEIO BELO.
RILMA FRANCA

cherly disse...

Oi Ricardo querido ...
lindo texto mas....
como se diz aqui na minha terrinha
"Beleza não se põe a mesa mas que abre o apetite ah! isso abre " ...rsss
beijosss "LINDO"!

Cherly - Brasil